4 vantagens de uma solução fiscal na nuvem
4 vantagens de uma solução fiscal na nuvem
postado por CONFIDENCE IT 29 de agosto 2017

Ter uma solução fiscal na nuvem é acompanhar as tendências tecnológicas aplicáveis à gestão fiscal de um negócio. Segundo projeções da Gartner (empresa de pesquisa em tecnologia), até 2020, as empresas que não utilizam o ambiente em nuvem serão minoria. Boa parte dos empreendimentos investe em tecnologia da informação para usufruir de uma solução de economia de tempo e produtividade. Veja X vantagens para aderir à solução fiscal na nuvem!

Maior capacidade de processamento de dados

O número de obrigações legais de uma empresa é enorme, gerando um volume considerável de documentos fiscais e contábeis expedidos mensalmente, o que requer altos investimentos em hardware e em mão de obra. Além disso, boa parte das obrigações tributárias brasileiras é sazonal, exigindo capacidade de processamento para picos de informações e uso. Esses picos podem impedir a empresa de entregar suas obrigações no prazo.

Com a solução fiscal na nuvem, o gestor tem uma escalabilidade e elasticidade de sistema. Mas o que é isso? Ao migrar os sistemas tributários fiscais para a nuvem, o gestor tem a possibilidade de contratar uma capacidade específica de processamento e os serviços de acordo com sua demanda, sazonal ou mensal. Isso possibilita a realocação de recursos outros processos mais críticos, além de desafogar as atividades da equipe de TI.

Em outras palavras, é a contratação por demanda.

Acompanhamento as mudanças legislativas

Acompanhar as mudanças legislativas é uma tarefa quase impossível sem o auxílio da tecnologia. As novidades no campo tributário são diárias, e boa parte do tempo de empresas e escritórios de contabilidade e de advocacia são voltados à pesquisa legal. Para o biênio 2017-2018, já temos muitas questões tributárias novas que merecem atenção e que influenciarão na gestão fiscal de qualquer empreendimento.

 A solução fiscal na nuvem consegue gerir e controlar de todo o processo tributário e fiscal de uma empresa, inclusive a atualização das normas. Em 2015, por exemplo, foram documentadas 22 mudanças por dia, e esse grande volume de alterações pode atrapalhar a gestão fiscal, uma vez que demanda muitas atualizações nos softwares de gestão tributária.

A nuvem dispensa o gasto de horas para atualização nos departamentos de TI e permite ao gestor se voltar para outras atividades. Sem contar que, por estar sempre atualizada, evita erros tributários que podem gerar uma série de inconformidades e multas para as empresas.

Segurança da informação na solução fiscal na nuvem

Uma das grandes preocupações dos administradores é manter suas informações seguras, inacessíveis aos concorrentes e resguardando os direitos dos clientes. Apesar de a segurança em hospedar informações na nuvem ter sido bastante questionada, o ambiente em nuvem é menos vulnerável à perda de serviços ou arquivos.

Isso porque os desastres físicos e ambientais (e demais problemas externos) não atingem a integridade dos dados, uma vez que os servidores que os hospedam ficam distribuídos em regiões diferentes.

Além da questão física, é importante destacar que as grandes empresas especializadas em nuvens, possuem inúmeros certificados de segurança, protocolos especiais e data centers para garantir a segurança das informações empresariais de seus clientes. Esses gigantes possuem recursos para proteger dados que quase nenhum empreendimento consegue ter internamente.

Economia de recursos

De acordo com pesquisa realizada pela Computer World, o investimento em tecnologia em nuvem reduz os custos em 42%, e possibilita a realização das tarefas 40% mais rápido, além de melhorar em 38% as locações em recursos de TI. Por fim, destaca que a empresa que investe em nuvem e mobilidade tem uma taxa de crescimento 53% mais rápida, comparada com quem não investe.

E como acontece essa economia de recursos com a utilização da solução fiscal na nuvem? De várias formas:

  • A solução é adequada à demanda (escalabilidade e elasticidade do sistema), e o gestor contrata apenas o necessário, evitando gastos a maior;
  • Os profissionais de tecnologia da informação são liberados para realizar outras atividades, uma vez que a solução faz boa parte do trabalho;
  • Os equipamentos não ficam ociosos nas épocas em que não há necessidade de transmissão de obrigações;
  • A automatização do processo de entrega de obrigações acessórias evita erros que podem causar multas e autuações;
  • As soluções tecnológicas não geram custos para implantar o software, já que operam em nuvem, sem necessidade de instalação no local físico.

Considerando que o faturamento negativo tem sido uma grande preocupação do gestor, o maior poder de processamento de dados possibilita à empresa a economia de recursos, financeiros e pessoais, aumentando o cuidado com a saúde financeira do negócio.

Migrar as obrigações fiscais e contábeis para uma solução fiscal na nuvem é rápido, dura entre 6 e 8 semanas, que independe do tamanho do banco de dados da empresa. Se você ainda não é adepto ao cloud computing, pode estar perdendo lugar no mercado para os concorrentes. Procure por uma solução fiscal na nuvem que o atenda e aproveite as vantagens que ela oferece!

 
   
 
Entre em contato com nossa equipe(011) 3522-3131ou preencha nosso formulário que entramos em contato. Clique aqui
 
 
 
shares