Empregos na área de TI que não vão durar muito tempo
Empregos na área de TI que não vão durar muito tempo
postado por Confidence IT 11 de setembro 2018

Se há uma coisa com a qual você pode sempre contar em tecnologia, é mudança. As tecnologias emergem, evoluem e se tornam obsoletas, um processo que está ocorrendo em um ritmo cada vez mais rápido. Há algo mais que pode se tornar obsoleto também: empregos na área de TI.

Assim como os títulos de vagas, como o programador e o administrador de e-mails, praticamente desapareceram à medida que novas tecnologias surgiram ou as antigas foram substituídas, as tarefas de TI atuais estão em um estado contínuo de fluxo.

Neste post veremos quatro empregos na área de TI que estão saindo e o que ocupará o lugar deles. Ficar atento às demandas é o primeiro passo para migrar de um para o outro.

O desenvolvedor interno sai

No passado, as empresas teriam um estoque de desenvolvedores a seu serviço para o desenvolvimento de aplicativos e Java. Haveria também pessoas que conheciam os idiomas básicos do site.

Agora, há vários provedores no mercado que têm uma solução pronta para uso que pode fazer 90% do que uma solução interna pode fornecer por uma fração do preço. Os desenvolvedores ainda são valiosos, mas começarão a migrar da própria empresa para os provedores de SaaS e empresas externas.

Há também uma transição acontecendo onde o desenvolvimento está se movendo de aplicativos independentes para aplicativos baseados na Web e aplicativos móveis.

Entra o desenvolvedor Móvel

O aumento de aplicativos móveis e baseados na Web vai iniciar o surgimento de desenvolvedores móveis. A maioria desses desenvolvedores será de recursos externos, pois é um conceito relativamente novo que somente as empresas de TI de última geração trarão internamente.

O Especialista Técnico sai

A Microsoft anunciou recentemente que seus regimes de treinamento em nível de mestre e arquiteto estão desaparecendo. Acredita-se que a Microsoft esteja migrando para um modelo de serviço no qual eles começarão a ajudar as empresas com seus conhecimentos técnicos, em vez de treinar seus próprios indivíduos para lidar com isso.

Este parece ser o começo dos serviços técnicos de TI passando de especialistas internos para um modelo de serviço. Do ponto de vista comercial, isso dá às empresas a capacidade de se concentrarem no que fazem melhor – cadeia de fornecimento, gerenciamento de custos, velocidade de entrega -, ao mesmo tempo em que têm esforços de TI gerenciados de fora.

Entra o Gerente Técnico

O modelo de serviço mencionado acima ainda precisará ser gerenciado internamente. Isso traz o papel de gerente técnico. Esses gerentes terão uma suíte de tecnologia, uma plataforma ou uma variedade de áreas técnicas terceirizadas.

O gerente técnico garantirá que as empresas estejam cumprindo os acordos de nível de serviço, abordando as preocupações de suporte, atendendo e cumprindo as solicitações de melhoria, melhorando os processos e assumindo os projetos.

A dificuldade vai do técnico para o gerenciamento de recursos. O gerente técnico assume muitas funções diferentes, dependendo das necessidades do negócio. Geralmente, há uma pequena quantidade de gerenciamento de projetos para aprimoramento e responsabilidades de RH, a fim de garantir que os funcionários certos estejam apoiando os negócios.

 
   
 
Entre em contato com nossa equipe(011) 3522-3131ou preencha nosso formulário que entramos em contato. Clique aqui
 
 
 
shares