Problemas na entrega do Bloco K? Veja a solução!
Problemas na entrega do Bloco K? Veja a solução!
postado por CONFIDENCE IT 11 de setembro 2017

O Bloco K, integrante do SPED Fiscal (Sistema Público de Escrituração Digital), é a escrituração digital do Livro Registro de Controle da Produção e do Estoque. Uma entidade industrial (indústrias ou empresas atacadistas) deve informar todo o consumo mensal de materiais para a produção e o estoque registrado em seu sistema contábil.

Com o objetivo de reduzir a sonegação fiscal e impedir a evasão de divisas, é uma obrigação acessória que ainda desperta dúvidas, o que causa problemas na hora de entregá-la. Veja um pouco mais sobre essa questão – e como solucioná-la!

A dificuldade na entrega do Bloco K

O advento do SPED e o aumento do controle pela Receita Federal fizeram com que as entidades industriais apresentassem uma série de dificuldades na hora de transmitir a obrigação. Em síntese, há dificuldades em relação ao prazo de entrega, análise e ajustes de estoque (inclusive cadastro de materiais).

Prazos para entrega do Bloco K

A empresa que perde o prazo de entrega do Bloco K está sujeita a multa. Para facilitar, elencamos abaixo de forma simples a aplicação dos prazos:

  • Janeiro de 2017: estabelecimentos industriais das divisões 10 a 32 da CNAE com faturamento anual igual ou superior a R$300 milhões em 2015; empresas habilitadas no Regime Aduaneiro Especial de Entreposto Industrial sob Controle Informatizado (ReCof);
  • Janeiro de 2018: estabelecimentos industriais das divisões 10 a 32 da CNAE com faturamento anual superior a R$78 milhões e inferior a R$300 milhões em 2016;
  • Janeiro de 2019: indústrias que faturaram abaixo de R$ 78 milhões em 2017, empresas equiparadas à indústria, estabelecimentos atacadistas (classificados nos grupos 462 a 469 CNAE).

Análise e ajuste de estoque

Com o advento do Bloco K, os ajustes no estoquem devem ter lançamento fiscal, e não podem ser realizados diretamente na contabilidade. Cada estado possui uma definição a respeito do lançamento: em Minas Gerais, por exemplo, foi determinada a emissão de documento fiscal de saída com CFOP específica.

Quanto à análise dos estoques da empresa, o recebimento é um ponto que gera grande impacto no negócio, devido à displicência na conversão das unidades de medida. Um erro nessas informações faz com que o cálculo do estoque não seja coerente com as informações do Bloco K.

Uma informação errada no cadastro de materiais, por exemplo, interfere na análise de quantidades que o Fisco deseja.

Resolvendo os problemas na entrega do Bloco K

Com as mudanças trazidas pela contabilidade digital e pela instituição do SPED, o empresário deve retribuir na mesma moeda e adotar o máximo de soluções tecnológicas inteligentes para minimizar as chances de erro na entrega das obrigações.

Muitas empresas estão apresentando faturamento negativo devido aos erros de cálculo de impostos, de transmissão das obrigações, e tudo isso pode ser simplificado e corrigido com os sistemas de gestão fiscal integrados com as soluções fiscais.

A tecnologia como solução para entrega do Bloco K

O uso de tecnologia, além de ser uma grande aliada para economizar tempo, automatiza o negócio e facilita a consecução das obrigações. Em relação ao bloco K, um sistema integrado com uma solução fiscal é capaz de:

  • Sanear de cadastros para geração do BLOCO K e do SPED Fiscal;
  • Conciliar o estoque e o inventário para entrega das obrigações;
  • Integrar as informações com seu ERP, ORACLE, SAP, SYNCHRO e outros ERP’s para geração do SPED fiscal e Bloco K
  • Utilizar layout pré-definido para importação da ficha técnica;
  • Emitir relatórios para mensurar as perdas de seu processo produtivo;
  • Cadastrar os produtos utilizados para a fabricação do produto final, detalhando o consumo específico;
  • Registrar a informação de perdas normais e troca de insumos do processo produtivo em relação a todos os produtos fabricados pelo próprio estabelecimento ou por terceiros.

Uma gestão fiscal automatizada é o primeiro passo para a compliance fiscal, motivo pelo qual o gestor deve ter especial cuidado ao escolher uma solução tecnológica que vá resolver seus problemas na entrega do bloco K e das demais obrigações acessórias!

Se ainda tem dúvidas sobre o tema, deixe seu comentário!

 
   
 
Entre em contato com nossa equipe(011) 3522-3131ou preencha nosso formulário que entramos em contato. Clique aqui
 
 
 
shares