7 maneiras de proteger seu navegador de ataques Parte I
7 maneiras de proteger seu navegador de ataques Parte I
postado por Confidence IT 24 de setembro 2018

Por que proteger seu navegador? Além de simplesmente enganá-lo para baixar e executar softwares mal-intencionados, os invasores visam principalmente falhas em seu navegador e seus plug-ins para comprometer seu PC.

Por esta razão, separamos algumas dicas para proteger seu navegador em dois artigos. Parte I e parte II. Proteja-se contra invasores, estejam eles usando ataques de malvertising, comprometendo sites ou apenas direcionando você para sites maliciosos que eles criaram.

Este artigo trará em duas partes, algumas dicas importantes para sua proteção. Fique atento a elas e se previna contra qualquer destes ataques.

1.Quer proteger seu navegador? Mantenha-o atualizado

Use um navegador da Web atual e mantenha as atualizações automáticas ativadas. Não use um navegador da Web desatualizado, como o Safari da Apple para Windows ou versões antigas do Internet Explorer da Microsoft.

Use o Google Chrome ou o Mozilla Firefox e deixe as atualizações automáticas ativadas, use uma versão atual do Internet Explorer em uma versão moderna do Windows e instale atualizações do Windows ou use o Microsoft Edge no Windows 10.

2.Ativar plug-ins de clique para reproduzir

Ative a opção de plug-ins de clique para reproduzir no seu navegador da web. Isso fará com que as páginas da Web carreguem mais rápido e economizem ciclos de CPU e energia da bateria.

Também tem importantes benefícios de segurança. Os invasores não poderão explorar falhas nos plug-ins de seu navegador em segundo plano, pois você só permitirá que o plug-in seja carregado quando tiver um bom motivo para isso.

3.Desinstalar plug-ins que você não precisa

Desinstale todos os plug-ins que você não precisa para proteger seu navegador da web. Vá até a lista de plug-ins instalados no navegador da Web e desinstale os que você não precisa. Java é particularmente perigoso e usado por poucos sites – desinstale a menos que você realmente precise. Isso facilitará muito as coisas. É melhor reinstalar do que parecer menos seguro.

O Silverlight da Microsoft está se tornando menos necessário e não é mais necessário para o Netflix. O único plug-in que você mais precisa é o Flash, e até está se tornando menos necessário também.

Sinta-se à vontade para desinstalar um plug-in, caso não tenha certeza se precisa dele. Na pior das hipóteses, você terá que reinstalá-lo quando encontrar um site que precise dele, e isso pode nunca acontecer. Ou seja, não tenha medo de desinstalar os plug-ins  desnecessários.

4.Mantenha os plug-ins atualizados também

Todos os plug-ins de que você precisa devem se atualizar automaticamente. Deixe as atualizações automáticas do Adobe Flash ativadas. O Google Chrome atualiza automaticamente sua própria cópia do Flash e o Windows 10 atualiza a cópia do Flash do Edge, mas você precisará atualizar outras versões do Flash automaticamente. Certifique-se de que os plug-ins utilizados sejam atualizados regularmente e automaticamente.

Não para por aí! Este artigo ainda continua! Você ainda tem 3 dicas essenciais para proteção do seu navegador. São medidas simples e fáceis que farão toda a diferença para manter as informações de sua empresa em segurança. Confira aqui o artigo parte II!

 
   
 
Entre em contato com nossa equipe(011) 3522-3131ou preencha nosso formulário que entramos em contato. Clique aqui
 
 
 
shares